Skip to main content

Síndrome do Não Pertencimento: Como Identificar?

Síndrome do Não Pertencimento: Como Identificar?

  Anúncios  

A síndrome do não pertencimento também é conhecida como síndrome do impostor, sendo uma condição onde o indivíduo tem uma autopercepção de falsidade intelectual, em outras palavras, de ser uma fraude.

Embora não seja oficialmente classificada como um transtorno de mente, essa síndrome foi descoberta em 1978 e atualmente muitas pessoas passam por este tipo de autossabotagem, que possui sintomas característicos.

Se você por algum motivo duvidou do seu potencial, mesmo que esteja preparado para conquistar os seus objetivos, pode ser que esteja passando pela síndrome do impostor e com base nesse post você saberá tudo a respeito do assunto.

O que é síndrome do não pertencimento

A síndrome do impostor, ou síndrome do não pertencimento, é uma condição onde as pessoas acreditam não ser boas o suficiente para permanecer em uma posição de sucesso, relacionada principalmente ao meio profissional.

É importante comentar que esta síndrome é relativamente comum, atingindo quase 70% das pessoas dentro do ambiente de trabalho, e esta condição pode gerar reflexos em outros pontos da vida do indivíduo.

Por exemplo, alguém deseja emagrecer mas cria diversas barreiras para chegar até as metas necessárias a fim de atingir o objetivo final, sendo que em seu interior, ela sente que não será capaz de chegar até lá.

Principais sintomas da síndrome do impostor

Na grande maioria dos casos, a síndrome do não pertencimento não é percebida por quem está sofrendo dela, por este motivo, é importante conhecer todos os sintomas que correspondem a esta condição:

Autossabotagem

A vida normalmente é repleta de obstáculos externos, mas na síndrome do impostor, a pessoa se torna o próprio obstáculo devido a condições internas específicas, que a faz sentir como se não fosse capaz.

Um excelente exemplo é uma pessoa que está fazendo um excelente trabalho e nota que está próximo de ser promovido. Contudo, o indivíduo começa a trabalhar de forma inadequada, se auto sabotando por não se achar merecedor da promoção.

Esse tipo de situação é ruim tanto para a empresa, que acaba perdendo um talento, quanto para o funcionário, que acaba sofrendo ao não alcançar o máximo potencial dentro da sua linha de carreira.

síndrome-do-não-pertencimento
síndrome-do-não-pertencimento

Procrastinação

  Anúncios  

A procrastinação é comum na vida de todo o ser humano, mas a partir do momento que esta condição passa a afetar a vida da pessoa, é preciso tomar alguma atitude para melhorar em relação a concentração nos afazeres importantes.

Na síndrome do não pertencimento, a pessoa procrastina com uma frequência elevada com o intuito de não assumir posições de destaque, sendo algo totalmente inconsciente, pois ela não se acha merecedora de suas conquistas.

Essa característica tende a ser muito marcante em pessoas com a síndrome e normalmente elas precisam se esforçar mais do que o normal para cumprir tarefas importantes no dia a dia.

Excesso de autocrítica

Avaliar a qualidade do seu serviço é algo positivo que visa melhorar o que foi executado, mas quando esta autocrítica é excessiva, o indivíduo desenvolve um estado de ansiedade terrível.

A maioria das pessoas que vivem a síndrome do não pertencimento sempre encontram uma forma de depreciar a si mesmas, procurando sempre por reforçar a sua inferioridade em relação a outras pessoas.

Comparações constantes

As pessoas que passam pela síndrome do impostor sempre acreditam que os colegas de trabalho são melhores e que jamais chegarão ao mesmo lugar que eles, onde as comparações são constantes.

Desse modo, a condição pode ser tão nociva que acaba afastando a pessoa da realidade, que desenvolve uma espécie de mundo fantasioso onde qualquer outra pessoa será superior a ela, não sendo algo verídico.

Sentimento de não pertencimento

Uma angústia frequente na vida de quem passa pela síndrome do não pertencimento é a sensação de não estar feliz naquele local, já que não se sentem realmente merecedoras de estarem alí.

Isso acaba fazendo com que elas tenham uma ampla dificuldade em continuar dentro de uma empresa, ampliando os índices de rotatividade, por exemplo, onde o indivíduo nunca se sente pertencente àqueles locais.

Dificuldade em Aceitar Novos Desafios

Por medo de não estarem à altura das expectativas, quem possui a síndrome do não pertencimento pode evitar novos desafios ou oportunidades que possam levar ao crescimento pessoal e profissional.

Isso é algo que pode ser bastante negativo e comprometer seu crescimento no local de trabalho, já que ótimas oportunidades podem ser desperdiçadas.

Sentimento de culpa constante

Dentre a síndrome do impostor sintomas, este é o que recebe mais destaque, já que a pessoa sempre se vê como culpada justamente por não conseguir contribuir com o sucesso coletivo da empresa.

Na verdade, a pessoa tem dificuldade em enxergar a realidade, onde as métricas do negócio não são resultados unicamente de um deslize pessoal, mas sim da falta de alinhamento entre as equipes.

Além disso, as pessoas com a síndrome podem se sentir culpadas quando reconhecidas pelo seu desempenho pois não se acham dignas, trazendo para si um sentimento negativo e incômodo.

Ingratidão

Como as pessoas que tem a síndrome do não pertencimento não aceitam que são boas em algo, elas acabam tendo dificuldades para aceitar que outros achem boas características nelas.

Neste sentido, é comum que elas rechacem elogios e deem um tom de ingratidão nestes momentos. Em outras palavras, é difícil para as pessoas acometidas apreciar o reconhecimento recebido.

Vale mencionar ainda que elas não o fazem de forma intencional, pois na verdade, estão sempre se diminuindo e sentindo que não merecem tal reconhecimento.

Como é o tratamento da síndrome do não pertencimento

Para que o o indivíduo possa ser corretamente diagnosticado e tratado, ele precisa procurar amparo psicológico, já que apenas um especialista pode indicar os passos a serem tomados para corrigir os prejuízos causados pela condição.

Após o diagnóstico, o tratamento envolve atividades que visam evitar comparações e reconhecer as suas conquistas, onde o apoio de familiares e amigos se torna fundamental durante o processo em busca de sentir bem consigo mesmo.

Por fim, vale mencionar que a síndrome do impostor causas estão relacionadas principalmente às questões sociais, econômicas e à própria criação familiar, então a correção da condição é algo que demanda tempo.

Algumas curiosidades sobre a síndome do não pertencimento

Um estudo realizado pela Universidade de Harvard revelou que o sentimento de não pertencimento ou isolamento social pode ser prejudicial à saúde física e mental. Pode aumentar o risco de problemas de saúde, como doenças cardiovasculares, depressão e ansiedade.

Outra curiosidade é que as redes sociais podem ampliar o sentimento de não pertencimento, pois as pessoas tendem a comparar suas vidas com as de outros, muitas vezes vendo apenas os aspectos positivos das vidas dos outros. Isso pode levar à sensação de que estão ficando para trás ou não se encaixam.

Lembrando que a síndrome do não pertencimento pode variar significativamente de pessoa para pessoa e pode ser causada por uma variedade de fatores. É importante buscar apoio de um profissional de saúde mental se você ou alguém que você conhece estiver enfrentando esse sentimento de forma persistente e prejudicial.


Nome do redator

Flavia Reis

Sou especializada em tecnologia e uma apaixonada por aplicativos móveis. Eu escrevo regularmente para o site mundodotrabalhador.com, fornecendo análises detalhadas e análises aprofundadas de aplicativos para ajudar os usuários.


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.