Skip to main content

Diagrama de Ishikawa: Veja Para que Serve e Como Usar

Diagrama de Ishikawa: Veja Para que Serve e Como Usar

  Anúncios  

O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama Espinha de Peixe, trata-se de uma ferramenta muito útil que ajuda pessoas no momento de identificar causas prováveis para problemas diversos.

De uma forma geral, ele ajuda a analisar processos em várias perspectivas, relacionando as causas potenciais para um cenário específico, também sendo possível encontrar as causas para bons resultados.

Com base nesse post você vai entender melhor do que se trata este diagrama e como ele pode ser útil em nosso dia a dia, então continue acompanhando o conteúdo que disponibilizamos logo a seguir.

O que é o Diagrama de Ishikawa

Esse diagrama consiste em uma ferramenta visual de causa e efeito, através da qual você pode descobrir com mais facilidade quais são as causas para determinados problemas, de modo que resolvê-los se torna algo simples.

Originalmente o diagrama foi criado pelo Kaoru Ishikawa na década de 60, que era um especialista no controle de qualidade. O diagrama se assemelha a um esqueleto de peixe, sendo possível levantar as causas e efeitos de um processo para identificar o problema.

No meio profissional, uma equipe pode fazer um conjunto de ideias e levantar todas as possíveis causas de um problema pelo Diagrama Ishikawa, sendo possível visualizar até mesmo as causas secundárias.

Principais benefícios

O Diagrama de Ishikawa tem o poder de proporcionar uma série de benefícios para a gestão de uma empresa ou indústria, mas uma das principais vantagens é que ele é visual, aplicável e simples, não sendo apenas uma ferramenta simbólica.

  Anúncios  

Resumidamente, você pode colocá-la em prática com muita facilidade e ao aderir a este diagrama, sua fábrica poderá contar com os benefícios abaixo:

  • Será possível entender melhor como os problemas são formados nos processos;
  • Identificar e levantar possíveis causas deste problema;
  • Será possível ainda definir os níveis de importância para cada uma das causas;
  • Promove a melhoria de processos e produtos;
  • É possível organizar as ideias da sua equipe em um único local;
  • Descubra outros pontos de melhoria à medida que um problema é desdobrado.

Além de tudo isso, o método Ishikawa é capaz de transformar reuniões de brainstorm em um diagrama mais preciso, visual e de fácil compreensão. Dessa forma, é possível trilhar um caminho que visa a melhoria da sua indústria.

Como usar o Diagrama de Ishikawa

Se você tem interesse em implementar o Diagrama de Ishikawa em sua indústria para ter uma visão mais ampla das causas dos problemas que aconteceram ou podem vir a acontecer, basta começar a partir dos passos abaixo:

Defina o risco ou problema que deve ser analisado

Para começar a usar este diagrama, é necessário que você escolha um problema que deve ser resolvido. Uma dica importante aqui é evitar coisas muito genéricas, já que será mais difícil encontrar uma resolução efetiva.

Busque ser mais específico e direto, dando preferência para alguma coisa em sua indústria que possa ser mensurada, já que assim será realmente viável ver o quadro como um todo em busca da origem do problema.

Crie a espinha do peixe para as causas

Agora vai ser o momento de começar a elaborar o Diagrama de Ishikawa de fato, sendo que o desenho deve começar com a cabeça do peixe, que se trata do problema a ser resolvido, e depois deve ser feito uma seta horizontal no meio, que consiste no corpo do peixe.

Diagrama-de-Ishikawa
Diagrama-de-Ishikawa

A partir da linha principal, você traça linhas menores para cima e para baixo, formando as espinhas do peixe que correspondem a possíveis causas do seu problema, mas deixe para fazer esta linha depois do próximo passo.

Faça uma reunião com toda a equipe

Assim que o problema for selecionado e o esqueleto do peixe desenhado, será o momento de convidar toda a sua equipe para realizar uma reunião de brainstorm. O objetivo aqui será levantar ideias para as prováveis causas do problema.

Aqui basta que você pergunte a todos: “Por que este problema específico está acontecendo?”. Em seguida, basta que você acate as sugestões e analise tudo o que for dito em conjunto para dar prosseguimento ao Diagrama de Ishikawa.

Divida as causas encontradas em categorias

Agora será o momento de puxar as linhas adicionais para cima e para baixo para formar as espinhas do peixe, dividindo assim as causas dos problemas em categorias diferentes.

Normalmente, as categorias que mais são utilizadas incluem mão de obra, máquina, materiais e métodos, mas você terá a liberdade de escolher uma categoria que realmente faça sentido para o problema proposto.

Definindo as subcausas

Assim que as causas principais foram estabelecidas, será o momento de adicionar linhas horizontais às linhas que você já havia puxado para baixo e para cima, sendo que nelas vão ser escritas as subcausas.

Momento da análise final e definição de ações

Para finalizar o Diagrama de Ishikawa, você e sua equipe precisam analisar todas as informações ali presentes, de modo a selecionar as causas que realmente impactam o problema comentado.

Por fim, basta implementar um plano de ação efetivo para que toda a sua equipe possa resolver o problema ao combater as causas. Aqui também é interessante estabelecer uma meta para cada uma das ações.

Se gostou do nosso post, veja também nosso conteúdo sobre a Síndrome do Não Pertencimento!


Nome do redator

Flavia Reis

Sou especializada em tecnologia e uma apaixonada por aplicativos móveis. Eu escrevo regularmente para o site mundodotrabalhador.com, fornecendo análises detalhadas e análises aprofundadas de aplicativos para ajudar os usuários.


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.