Skip to main content

Ciclo PDCA: veja como usar esse método para a resolução de problemas

Ciclo PDCA: veja como usar esse método para a resolução de problemas

A presença de problemas no cotidiano das empresas é comum e o Ciclo PDCA tem o objetivo principal de auxiliar na execução das estratégias para que estes sejam resolvidos, sendo uma ferramenta muito útil dentro das instituições.

Ao começar a desenvolver o seu próprio ciclo, será possível fazer com que os objetivos da gestão saiam do papel e o método ainda será extremamente útil para melhorar os resultados gerados, além de alavancar o desempenho das empresas.

Anúncios



Nesse post você pode conferir com detalhes a origem dessa metodologia, como ela funciona e como é possível utilizá-la para melhorar o desempenho da sua equipe, então continue acompanhando o conteúdo que preparamos a seguir.

Ciclo PDCA: o que é?

Muitas pessoas já conhecem de perto o Ciclo PDCA, já que se trata de uma das metodologias mais utilizadas no âmbito profissional quando o assunto é resolver problemas do dia a dia, já que ela gera ótimos resultados.

Anúncios



O principal enfoque da ferramenta, é solucionar aqueles problemas que são visualizados com uma maior dificuldade e sua finalidade é propor soluções assertivas de solução que podem inclusive aperfeiçoar as atividades de uma empresa.

De uma forma resumida, se trata de um método iterativo, sendo um tipo específico de processo onde a cada repetição, é possível chegar a um resultado diferente e estes resultados serão visualizados nas vezes seguintes de uma forma acumulativa.

Como essa solução surgiu?

O Ciclo PDCA também é conhecido como Ciclo de Shewhart ou Ciclo de Deming, que são nomes relacionados aos seus idealizadores originais, sendo que a ferramenta foi desenvolvida originalmente em 1920.

O criador do ciclo foi Walter Shewhart, porém o seu método se tornou reconhecido apenas nos anos 1950 graças ao professor William Deming, que é considerado o pai do conhecido controle de qualidade nos processos produtivos.

A princípio, a alternativa deveria ser voltada apenas para a administração da qualidade da gestão, mas seu uso foi aprimorado e hoje se trata de um dos ciclos mais famosos dos processos administrativos em relação à solução de problemas.

Como utilizar o Ciclo PDCA na sua empresa

O Ciclo PDCA significa Plan, Do, Check e Act, que traduzidos do inglês significa Planejar, Fazer, Verificar e Agir. São esses os 4 passos da prática, sendo que geralmente ela começa através do Planejamento.

Vale destacar que se trata de uma ferramenta que pode ser modificada em certos pontos para atender melhor os objetivos da empresa, de forma que os resultados gerados serão mais satisfatórios e específicos.

Para começar a usar este ciclo na sua empresa, é necessário que você entenda todas as etapas que o integram e vamos falar um pouco sobre cada uma delas nos tópicos a seguir para que fique por dentro de tudo.

O planejamento

Conforme já dito, o primeiro passo do Ciclo PDCA é o Planejamento, ou seja, é necessário analisar e levantar informações a fim de determinar os objetivos e metas da empresa, onde deve ser elaborado um plano que resolva todos os problemas encontrados.

Depois disso, é preciso traçar um caminho que deve ser percorrido para que o objetivo seja devidamente alcançado. Também define métodos que serão utilizados para chegar até onde o seu planejamento foi definido.

De uma forma resumida, esse passo consiste em fazer a identificação do problema, efetuar a observação do problema, analisar criteriosamente o problema e então determinar um plano de ação efetivo para a resolução deste.

A Execução

O segundo passo do Ciclo PDCA é a Execução, onde efetivamente todo o plano elaborado anteriormente é colocado em prática. Se trata então de uma das fases mais importantes e deve ser acompanhada com proximidade;

Sempre se certifique de que todas as ações estejam sendo planejadas conforme os planos pré-determinados e não se esqueça de anotar os resultados, sejam eles bons ou ruins, de todas as tarefas devidamente concluídas.

Com base nas anotações, você poderá visualizar melhor os resultados obtidos e o time de envolvidos no decorrer deste processo pode obter um maior aprendizado, já que será possível conhecer as estratégias que funcionaram de uma forma mais segura.

Verificação e Ação

Na etapa de verificação, deve-se checar tudo o que foi executado e os resultados gerados com os planos de ação definidos. Você pode fazer essa verificação no decorrer do plano de ação ou no término deste.

Caso os resultados gerados na verificação não sejam realmente satisfatórios, há uma recomendação de que haja um retorno à fase de Planejamento do Ciclo PDCA a fim de inserir novos planos de ação.

Já na etapa ação, final do ciclo, será possível refletir sobre os caminhos tomados e cogitar um novo PDCA para prosseguir com a melhora contínua dos processos. Essa etapa pode ser dividida em padronização e conclusão para facilitar a compreensão de todo o ciclo.


Nome do redator

Flavia Reis

Sou especializada em tecnologia e uma apaixonada por aplicativos móveis. Eu escrevo regularmente para o site mundodotrabalhador.com, fornecendo análises detalhadas e análises aprofundadas de aplicativos para ajudar os usuários.


MundoTrabalhador

© Mundo do Trabalhador. Todos os direitos reservados.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.