Skip to main content

Quanto ganha um tabelião? Veja agora

Quanto ganha um tabelião? Veja agora

O tabelião é um profissional que prepara e autentica documentos diversos, sendo que a sua função é fundamental dentro dos cartórios brasileiros. Muitas pessoas possuem dúvidas sobre quanto ganha um tabelião e você poderá saber essa informação aqui.

Para se tornar um profissional da área é necessário que os interessados tenham formações específicas e conhecimentos aprofundados em relação à área jurídica, já que o seu papel deve ser seguido de acordo com as legislações vigentes.

Com base nesse post você poderá conhecer melhor esta profissão, além de conferir o que é necessário para desenvolver uma carreira na área, então continue a sua leitura para saber tudo a respeito do assunto

O que é o tabelião?

O tabelião, também conhecido como notário, é o profissional autorizado a praticar diversos atos relacionados à área jurídica. A forma como a profissão acontece varia conforme os sistemas jurídicos locais.

O quanto ganha um tabelião está diretamente relacionado ao local para o qual ele trabalha, sendo que na maioria dos casos os profissionais conseguem ocupar bons cargos com base em concursos públicos que acontecem em todo o Brasil.

O principal diferencial do tabelião é que ele é tratado como um conselheiro imparcial, já que ele deve estar presente em diferentes momentos da vida dos cidadãos através de casamento, separação ou união estável, por exemplo.

Veja quanto ganha um tabelião

Segundo sites especializados, a faixa salarial do Tabelião de Notas gira entre R$1.940,40 e R$7.550,00, onde a média do piso salarial estimado em 2022 é de R$2.737,18, levando-se em consideração os dados do regime CLT.

Vale mencionar ainda que os valores de quanto ganha um tabelião comentados não contém adicionais salariais de nenhum tipo, como insalubridade, bônus, comissões, hora intervalar, acúmulo de função, etc.

Ainda segundo pesquisas, a cidade que possui mais concorrência de contratação e consequentemente mais vagas de emprego para a área é a cidade de São Paulo, já que esta é uma capital bastante movimentada.

O que faz um tabelião?

Agora que você já sabe quanto ganha um tabelião, é interessante saber mais sobre as atribuições da profissão, que envolve principalmente a realização de testamentos, reconhecimentos e autenticação de documentos.

Também é papel deste profissional não permitir que um dos presentes no seu local de trabalho assine documentos mediante simulação, fraude ou coação, então ele consegue prevenir uma série de irregularidades nas disputas judiciais.

Outras funções deste profissional também envolvem a escritura pública e a Procuração Pública, sendo que esta última é considerada um instrumento através do qual uma pessoa delega poderes a outra para administrar um negócio.

Como se tornar um tabelião

Desde que ocorreu a promulgação da Constituição Federal de 1988, só é possível se tornar um tabelião através de concursos públicos, que acabam selecionando as pessoas aptas a atuarem em diversas regiões do país.

Para que seja possível prestar esse tipo de concurso público e receber o quanto ganha um tabelião, é necessário que os interessados sigam algumas especificações adicionais, que incluem:

  • Ter concluído um curso de bacharel em direito em uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Ter nacionalidade brasileira, além de estar em pleno exercício dos direitos políticos e civis;
  • Estar quite em relação às suas obrigações do serviço militar (caso seja do sexo masculino);
  • Ter aptidão mental e física para realizar as atribuições relativas ao cargo;
  • Não possuir antecedentes cíveis ou criminais.

Devido a remuneração ofertada através dos concursos públicos serem bastante elevadas, muitas pessoas bacharéis em Direito buscam realizá-los, de forma que os cargos sempre possuem uma ampla concorrência.

Como ser um tabelião de sucesso

Para se dar bem na carreira de tabelião, é necessário muito mais do que uma formação específica e aprovação em concurso público. Veja abaixo algumas características fundamentais na profissão para se alcançar o piso salarial de quanto ganha um tabelião:

  • Reciclar e adquirir conhecimentos de forma contínua: buscar uma constante evolução profissional é fundamental para desempenhar um trabalho a nível de excelência, a fim de conseguir sucesso na área;
  • Ter qualificações voltadas à comunicação e relacionamento interpessoal: como o tabelião realiza interface com pessoas no seu dia a dia, é fundamental que o profissional saiba como se comunicar;
  • Saber trabalhar com metas, prioridades e foco: ao trabalhar em cartórios de forma mais organizada e planejada, o profissional consegue cumprir as demandas dentro do prazo estimado que é o foco do processo;
  • Ser um intraempreendedor: essa habilidade está relacionada à capacidade de um tabelião atuar de forma ativa a fim de criar inovações e melhorias em relação à organização;
  • Sempre se atualizar sobre a área tecnológica: devido a constante evolução da tecnologia, diversas ferramentas podem ser desenvolvidas a fim de ajudá-lo a executar suas tarefas, então é importante se atentar a esta área.

Gostou do nosso artigo? Conheça também todos os detalhes sobre a profissão de advogado criminal.


Nome do redator

Flavia Reis

Sou especializada em tecnologia e uma apaixonada por aplicativos móveis. Eu escrevo regularmente para o site mundodotrabalhador.com, fornecendo análises detalhadas e análises aprofundadas de aplicativos para ajudar os usuários.


Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.